Na Comunicação as Relações são Públicas

Estudo Relações Públicas e Comunicação Empresarial na Escola Superior de Comunicação Social, mas os meus continuam sem perceber muito bem o que é e para que serve esta área. Pois bem, vou tentar explicar. Ainda que seja uma tarefa árdua, já que este conceito engloba tanta coisa.

Um profissional de Relações Públicas é parte integrante e indispensável de qualquer organização. Remontando à explicação clássica de Grunig, é quem gere todas as relações entre a organização e os seus públicos. Por essa razão, é seu dever percepcionar e monitorizar todas as opiniões, interesses e atitudes dos públicos de modo a criar situações de win-win, em que ambas as partes saem beneficiadas. Não é trabalho fácil. Uma vez que somos todos diferentes e cada indivíduo é um ser único em todas as formas. Para não induzirmos em erro, devemos ter a capacidade de escutar os outros e estar sempre atentos ao que nos rodeia. Isto é, à realidade real. Que deve ser alvo constante de interpretação. Interpretação essa que deve ser feita não apenas ao que envolve directamente o indivíduo, mas a todo um conjunto de factores que o rodeia e influencia a sua vida. A interpretação das Relações Públicas é, portanto, feita a um nível global, não estando circunscrita ao que se passa num local. Mas sim no Mundo!

«Não existem factos, apenas interpretações.»,  Friedrich Nietzsche

É nossa função estar atento às tendências, problemas e mudanças. Num mundo cada vez mais globalizado, em que a tecnologia assume um papel central, o comportamento das pessoas altera-se a um nível supersónico. Para ajudar, acresce-se a Internet e as resultantes redes socais. Que permitem a todos uma partilha de informações e emoções do interesse do profissional de Relações Públicas. Que se serve delas como partida da delineação de acções de comunicação e planos do interesse organizacional. Nem que seja apenas a partilha de uma simples fotografia ou expressão comum. Tudo quanto seja Comunicação, pertence às Relações Públicas. Como a que é Pública. Que permite que estejamos informados e que possamos utilizá-la para informar os outros, de forma a estabelecer um relacionamento e persuadi-los para a nossa causa. Mas isso só se faz se tivermos em conta tudo o que referi.

Para a interpretação mundana, os profissionais de Relações Públicas têm à disposição uma panóplia de ferramentas/meios de comunicação a partir dos quais podem difundir a mensagem pretendida, seja ela visual, falada ou escrita. Como este blog. Eu estou a passar-vos uma mensagem com um determinado objectivo. E, tal como todos os profissionais desta área, desejo tornar-me um interprete da voz pública. Porque, simplesmente, trabalhamos com pessoas e para pessoas. E é necessário perceber quem está desse lado. A ler-me. Para vos esclarecer, assegurando a vossa compreensão. Já que para Comunicar são precisos dois.

Deste modo, as nossas Relações são Públicas.

A minha ideia em vídeo:
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s