Bruxelas e o medo do desconhecido

O caos está instalado. Parece que não podemos sossegar. Hoje de manhã acordo com as violentas explosões em Bruxelas. Fiquei estupefacto. Não só pelo ataque em si, mas também pelo facto de o terrorismo estar a tomar proporções gigantescas. Em menos de um ano repete-se o cenário de terror. E agora?

Nenhum país da Europa se sente em segurança. Se com sucesso se ataca o coração da União Europeia, com o mesmo sucesso se ataca qualquer outro país. Nenhuma cidade está a salvo. E pode ser abatida em qualquer momento. Agora, mais do que nunca, é importante agir e estabelecer medidas.

Até à acção dos Governos, instala-se entre as pessoas a incerteza e o sentimento de receio. De que algo nos aconteça sem que estejamos à espera. Assim como os belgas. Que foram apanhados de surpresa enquanto apanhavam/saíam do metro ou esperavam no aeroporto num dia “normal”.

Resta agora esperar (em silêncio) e zelar pelos que ainda estão vivos.

Anúncios

One thought on “Bruxelas e o medo do desconhecido

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s