“Mantenha os seus amigos por perto e os seus inimigos ainda mais perto”

Como dizia Al Pacino em The Godfather (O Padrinho): “Mantenha os seus amigos por perto e os seus inimigos ainda mais perto”. Apesar de não passar de uma fala icónica de um filme, esta frase revela muito sobre o que um profissional de Relações Públicas empreende ao nível das organizações.

Enquanto membro de uma organização, o profissional de Comunicação deve interiorizar a missão, visão e valores da entidade para a qual trabalha. Conhecer a fundo a organização, como se ela fosse a nossa melhor amiga, para depois, numa lógica de construção de acções de comunicação, cumprir com os objectivos estipulados e receber o retorno desejado.homem sentado na mesaPara que tal aconteça, na primeira fase de qualquer Plano Operacional de Comunicação, é necessária uma intensa Investigação sobre todo o ambiente externo à organização. No qual se insere um conjunto de concorrentes que, de alguma forma, influencia a estratégia da organização.

Para nos diferenciarmos desses concorrentes, devemos pensar na missão da organização como resposta à questão “De que forma somos diferentes da nossa concorrência?”. Que só é conseguida se tivermos toda a informação necessária para a implementação de uma estratégia que se distinga das restantes.

Devido ao avanço tecnológico (com o aparecimento da Internet) e às constantes transformações do mercado cada vez mais competitivo, características como a inovação, a criatividade e a flexibilidade são cada vez mais exigidas às empresas no seu âmbito estratégico. Por isso, as organizações devem fazer um levantamento de toda a informação da envolvente (monitorização de notícias, entrevistas, páginas de social media, etc.), de modo a perceberem onde se situam e como se comportam, para estabelecerem e desenvolverem estratégias.

É através de constantes análises ao mercado, à realidade das outras empresas, às pessoas envolvidas, aos seus recursos e aos seus próprios produtos, isto é, à sua actividade em determinado sector, que conseguimos obter uma série de informações relevantes que auxiliam a direcção do trabalho de qualquer profissional de Comunicação no processo de construção de um programa de carácter competitivo.

No digital, a recolha de informação faz-se através de ferramentas providenciadas por motores de busca, como o Google (com o Google AdWords: Keyword Planner), pelas redes sociais, como o Facebook e o Twitter (com as mentions, as hashtags e os likes/seguidores das páginas), pelo Youtube (com o número de visualizações de vídeos), entre muitas outras num conjunto infindável de meios de investigação que vieram facilitar, em muito, a obtenção de informação sem grandes custos e tempo.

Exemplo Nestlé – Variação do número de gostos da página de Facebook da marca e críticas dos visitantes sobre os produtos.

Na maior parte dos casos, para sistematizar a informação, recorre-se a uma análise SWOT de modo a clarificar a actividade dos concorrentes como uma ameaça à organização ou como uma oportunidade de negócio para, posteriormente, se delinear uma estratégia coesa e eficaz.

Este conjunto de informações permite um melhor conhecimento do mercado, uma melhoria das relações inter-funcionais na organização, uma maior confiança no planeamento estratégico e um aperfeiçoamento na qualidade do(s) produto(s) em relação à concorrência. No seu todo, melhora a performance do negócio da organização. Numa lógica competitiva, o planeamento e activação de uma estratégia só se torna eficaz se a pesquisa e análise da informação for mais vantajosa do que a da concorrência.

Para concluir, a Investigação apresenta-se como uma técnica pró-activa de valor acrescentado das organização na qual a informação é mesmo o maior poder para qualquer estratégia de comunicação empresarial, de forma as organizações atingirem as metas pré-estipuladas na sua missão.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s